Notícias

31/08/2017 | Gato-do-mato-grande é registrado no Contorno de Pelotas

Como o felino selvagem mais comum da América do Sul, no Brasil o gato-do-mato-grande (Leopardus geoffroyi) só existe na metade sul do estado. Na última campanha de monitoramento de fauna, realizada em julho pela unidade local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) durante as obras da BR-116/392, este mamífero foi registrado em uma região bem próxima a rodovia duplicada. Mesmo sendo abundante, a espécie é ameaçada de extinção em nível estadual e nacional.

 

Do tamanho de um gato doméstico, o indivíduo foi encontrado forrageando, sendo flagrado ao entrando na mata e capturando sua presa, um preá (Cavia aperea). O registro foi feito com a utilização de uma armadilha fotográfica, câmeras que funcionam por sensores de movimento e calor corporal, sendo um dos métodos utilizados pelos técnicos da fauna para monitorar os mamíferos no entorno do empreendimento.

 

O felino encontrado é da forma melânica, uma mutação genética que confere pigmentação escura ao pelo do animal e o diferencia dos indivíduos pintados. Solitário, terrestre e noturno, este bicho costuma ser bastante desconfiado, além de um excelente caçador. O registro pode ser conferido aqui: http://bit.ly/2wnad1n

 

Esta não é a primeira vez que a espécie é registrada na região. Desde 2012, campanhas de monitoramento de fauna são realizadas a cada dois meses no Contorno de Pelotas e já houve capturas de imagens de movimentações deste animal tanto diurnas como noturnas.

anteriorpróxima

Copyright © 2011 | Todos os direitos reservados | STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.
Praça 7 de Julho, 36, sala 02 |Pelotas/RS | 53.3027 27 11 | 3027 27 13 | NATIVU DESIGN
Visitante: 921832