Programa de Identificação e Salvamento de Bens Arqueológicos


A presença de sítios arqueológicos localizados no domínio da rodovia BR-116/392, trecho Pelotas ? Rio Grande primeiramente, baseados em levantamentos de fontes secundárias e trabalhos de campos, já apresentavam indícios da existência de sítios pré-históricos (através de vestígios da Tradição Vieira) e históricos (de Tradição ceramista Tupi guarani). Uma das características dos sítios encontrados no entorno do empreendimento está associado as diversas evidências arqueológicas fruto de sucessivas ocupações humanas, inicialmente com os grupos caçadores coletores chegando até os dias atuais.

O Programa de Identificação e Salvamento de Bens Arqueológicos, atendendo a condição específica 2.13.14 da LP nº 224/2005, busca registrar e resgatar os achados arqueológicos e históricos ocorrentes na região do empreendimento. Segundo o Plano de Trabalho a ser realizado na BR-116/392 está dividido em três etapas. A primeira etapa corresponde ao Planejamento das Atividades e Mobilização das equipes de serviço. A segunda etapa será do Resgate Arqueológico, Monitoramento e Educação Patrimonial. E a terceira etapa é a de Análise de Laboratório do material coletado no campo.


1

Copyright © 2011 | Todos os direitos reservados | STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.
Praça 7 de Julho, 36, sala 02 |Pelotas/RS | 53.3027 27 11 | 3027 27 13 | NATIVU DESIGN
Visitante: 921825