Notícias

10/05/2012 | Supervisão acompanha enleivamento de taludes

A vegetação é colocada para evitar a erosão

Nas obras de duplicação da BR-392, os taludes do aterro que serve de base para a nova pista, vêm sendo revegetados. Este procedimento, de plantio de gramíneas nativas no local, tem o objetivo de estabilizar e proteger o talude para que, no caso de vento ou chuva, a areia não escorra para fora da faixa de domínio.

 

Para a especialista em gerenciamento da STE, Sharon Paiva, o clima da nossa região, principalmente nessa época, é bem propício à erosão devido às chuvas. “A supervisão ambiental fiscaliza se a cobertura de vegetação está sendo feita de forma adequada e depois, avalia a sua funcionalidade”, explica ela.

 

Alguns problemas de carreamento de material para fora da faixa de domínio já foram detectados. “Esses problemas são comuns devido ao tipo de solo utilizado para os aterros, por isso a supervisão atua diariamente em campo supervisionando as atividades da fase construtiva da obra”, diz Sharon.

anteriorpróxima

Copyright © 2011 | Todos os direitos reservados | STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.
Praça 7 de Julho, 36, sala 02 |Pelotas/RS | 53.3027 27 11 | 3027 27 13 | NATIVU DESIGN
Visitante: 947092